Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
PUBLICIDADE
Seduc realiza 1ª Avaliação Diagnóstica do Juntos Para Avançar em 2022
05/04/2022 21:38 em Novidades

Avaliação Diagnóstica auxiliará as escolas entenderem os níveis de aprendizagem em que os estudantes se encontram, identificar possíveis defasagens e traçar um plano de reforço.

 

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realiza nos dias 7 e 8 de abril a aplicação da primeira Avaliação Diagnóstica do Programa de Reforço de Aprendizagem – Juntos para Avançar (AGI) de 2022. Todos os componentes curriculares serão avaliados de forma presencial, ou remota em casos excepcionais.

A estratégia de Avaliação Diagnóstica auxiliará as instituições a entenderem os níveis de aprendizagem em que os estudantes se encontram, assim como identificar possíveis defasagens do ano letivo 2021, como explica Maria José Mendes Neta, diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem (UNEA) da Seduc.

“Destacamos que a avaliação nunca será um fim em si mesma e que o objetivo da avaliação diagnóstica não é classificar o aluno, mas mostrar as necessidades dos estudantes e direcionar as intervenções pelos professores. Neste sentido, o nome diagnóstico é bastante apropriado, pois, este não só aponta o problema, mas indica qual é o tipo de “remédio” que a escola precisa utilizar para sanar possíveis lacunas e criar condições propícias à aprendizagem aos nossos estudantes”, relata a diretora.

A gerente de Ensino Fundamental da Seduc, Marília Aragão, esclarece que na elaboração da avaliação participam técnicos da Coordenação de Avaliação Educacional e Currículo (Caec), Canal Educação e os professores das escolas da rede. Conduzida pela Coordenação de Avaliação e Currículo Educacional da Seduc.

“Essa prova é para todos os anos, séries e em todas as modalidades. Ela é a avaliação diagnóstica do programa Juntos Para Avançar, ou seja, ao final da Fase 1 do programa os estudantes fazem esse diagnóstico. E essa avaliação vai subsidiar a Fase 2 do programa Juntos para Avançar. Com os resultados, os professores, coordenadores e demais profissionais da educação vão ter a  sistematização dos resultados a nível de rede, GRE, escola, por componente curricular e item avaliado na devolutiva com foco na melhoria da aprendizagem dos estudantes”, afirma a gerente.

A equipe do MobiEduca.me/MobiFamília está no apoio logístico, entrando em contato com as escolas através do seu “help desk”, no sentido de orientá-las quanto à impressão dos cartões resposta. Para os estudantes que por algum motivo não puderem realizar as provas presencialmente, será disponibilizado na plataforma digital do MobiEduca.me e/ou MobiFamília a realização das avaliações de forma digital e coleta dos cartões respostas no formato presencial.

Cosme de Carvalho, coordenador da Caec da Superintendência de Ensino da Seduc, destaca que avaliações da aprendizagem em um período ainda afetado pela pandemia de Covid-19, são essenciais para que as crianças e os jovens da rede pública de ensino do estado do Piauí não sejam prejudicados.

“Em relação aos processos avaliativos é indispensável que essas atividades sejam planejadas com bastante atenção. Durante esse tempo em que os estudantes estão retornando as escolas, duas questões que se interrelacionam revelam-se importantes: identificar o estágio de aprendizado em que cada criança ou jovem se encontra e medir o impacto das atividades realizadas a distância durante o período de isolamento. Através da avaliação diagnóstica, poderemos saber em qual estágio estão nossos alunos, se atingiram os objetivos de aprendizagem integralmente, parcialmente ou não atingiram o objetivo proposto”, pontua o coordenador.

A escola, com o apoio da Gerência Regional de Educação (GRE) e Seduc, organizará um momento para analisar coletivamente os resultados obtidos na avaliação diagnóstica de cada componente curricular, validando ações já propostas no seu plano de ação que poderão suprir as defasagens de aprendizagens identificadas e/ou inserir novas ações com a finalidade de corrigir rotas.

“É de fundamental importância o engajamento de todos, Gerentes, diretores, professores e estudantes no sentido da realização dessa avaliação, e na mesma direção e sentido, que o acolhimento dos estudantes aconteça de maneira especial, contribuindo para que todos possam fazer as provas com o máximo de atenção e cuidado possível”, finaliza a diretora da UNEA.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Google Adesense Publicidade 01