Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Governador do Piauí acredita ter 'ambiente' para permitir 'alguma flexibilização' da quarentena
05/06/2020 10:53 em Saúde & Lazer

O governador Wellington Dias (PT) disse nesta quinta-feira (4) que acredita ter um ambiente para se tomar alguma decisão sobre a flexibilização das atividades econômicas no estado.

A definição da retomada da economia sairá no sábado (6), quando o comitê de especialistas se reúne para avaliar o cenário da pandemia de coronavírus no Piauí.

Wellington Dias falou sobre o assunto ao apresentar a quinta rodada da pesquisa sorológica feita pelo governo do estado. O levantamento apontou que houve uma queda na taxa de transmissão de coronavírus, indicando, no momento, uma tendência de controle. O índice é um dos principais critérios para a decisão da flexibilização, além da ocupação das UTIs.

“Eu digo que sobre esses dois principais indicadores, eu acho que vamos ter um ambiente para tomada de decisão que pode permitir alguma flexibilização, repito, sempre que é tratado de se começar em um patamar reduzido, experimental. Estamos falando de mais pessoas em movimento, isso significa aumentar o risco”, ressaltou.

Desde março, um decreto do governo do estado restringe o funcionamento do comércio e outros setores da economia por causa da pandemia de coronavírus. Já existe um protocolo de retomada, dividido em fases, por setores.

 

No próximo sábado, dia 6 de junho, segundo o governador, o comitê emergencial da Covid-19 no estado, um conselho com especialistas de diversas áreas, se reúne para definir se a flexibilização começa. Entenda no vídeo abaixo como será o processo de retomada da economia.

No dia 7 de junho, termina o decreto de isolamento social. A previsão, caso a tendência otimista do governo sobre os dados de transmissão da Covid-19 se mantenha, é de que na segunda-feira (8) algumas atividades da fase 1 de retomada possam voltar. São empresas da construção civil e do comércio, que devem apresentar protocolos específicos.

“É o comitê que vai tomar a decisão, mas os critérios que nós adotamos lá atrás, eu dizia, só vamos tomar qualquer passo sobre a retomada de atividades, sempre com bastante cuidado e responsabilidade, levando em conta a ciência. A redução da taxa de transmissibilidade é uma realidade”, disse o governador.

O governador afirmou que espera a chegada de um levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV) sobre o coronavírus no Piauí, documento que será estudado pelo comitê no momento da avaliação da flexibilização da economia.

 

"No sábado, vamos tomar a decisão. Não é o governador que toma isoladamente essa decisão. Quero confiar nos nossos cientistas, no nosso conhecimento. As empresas vão ter que cumprir o protocolo”, completou Wellington Dias.
fonte : G1 PIAUÍ
COMENTÁRIOS